Como desfrutar ao máximo do Oktoberfest

O ar estava carregado com o aroma de pretzels acabados de cozer e frango assado. Ouvia-se o ruído da multidão, o tilintar de canecas de cerveja e a melodia de uma canção alegre e inebriada, escapando-se por entre as tendas por perto.

 

Gente de todo o mundo enchia as ruas, conversando e rindo. Sorri, porque estava finalmente no Oktoberfest, em Munique e mal podia esperar para me juntar à festa.

 

Se há três palavras que resumem o Oktoberfest, são as seguintes: comida, cerveja e celebração. É um dos melhores festivais a que fui e aquele que mais vivamente recomendo.

 

No entanto, é uma festa enorme, concorrida e, por vezes, avassaladora. Por isso, é fácil sentir-se um pouco desconcertado com a multidão e com a quantidade enorme de opções em termos de atividades, comida, bebida e coisas para ver por lá.

 

Baseando-me na minha experiência, eis sete pontos a não esquecer, quando estiver de visita ao maior festival do mundo dedicado à cerveja.

Prost

Faça amigos

Uma das razões pelas quais gosto tanto do Oktoberfest deve-se ao facto deste evento ser uma enorme mistura de culturas diferentes.

 

Embora possa sempre conhecer pessoas de culturas diferentes, quando está de viagem, no Oktoberfest as coisas funcionam de outra forma: milhares de pessoas de todo o mundo juntam-se em Munique, na Alemanha, todos os anos em Setembro, com um único objectivo - divertir-se.

 

Ninguém está preocupado com visitar monumentos ou fazer viagens de um dia, porque toda a gente está ali para fazer amigos e passar um bom bocado. Faça desta missão a sua também.

 

De manhã, estive a brindar e a cantar com alemães; algumas horas depois, jantei com um grupo de rapazes do Reino Unido; à noite, estive num parque de diversões com um casal proveniente da Ásia.

 

Com tanta lubrificação social, o Oktoberfest é o sítio perfeito para conhecer outros viajantes e fazer amigos. Não se feche no seu grupo, fale com outras pessoas!

Coma o mais que puder

Por alguma razão, não esperava encontrar tanta comida fantástica, como encontrei no Oktoberfest. Obviamente que a cerveja é a principal atracção, mas a comida vem definitivamente em segundo lugar, porque é deliciosa.

 

Isto não acontece só porque está um bocado bêbedo/a e qualquer coisa serve - não, estou a falar de autêntica e deliciosa comida bávara: imensa carne, weisswurst [salsicha branca], schnitzel [bife panado], pé de porco e salsichas.

 

Pessoalmente, o frango, tenro e assado lentamente, e brezen acabado de cozer, são os meus pratos preferidos no Oktoberfest. Contudo, não se deixe limitar.

 

Quando visitar o festival, prove um pouco de tudo e coma até rebentar com a cintura das calças. Acredite que vale a pena.

 

Uma refeição completa custa entre 12 a 15€, sendo os pretzels muito mais baratos (e olhe que são enormes).

Pão. Frango. Que mais pode querer?

Saia das tendas (de vez em quando)

O ambiente dentro das tendas é absolutamente eléctrico. Há desconhecidos, de braços dados, a cantar canções dedicadas à cerveja a plenos pulmões. Há pessoas a rir, a cantar e a conversar aos gritos, para se conseguirem ouvir entre a multidão estridente.

 

Outras pessoas estão em cima das mesas, a tentar beber de uma vez um litro de cerveja o mais rapidamente possível, enquanto milhares as incentivam.  O ambiente é tão animado que não há como evitar querer fazer parte dele.

 

A dinâmica do Oktoberfest é indescritível. O Oktoberfest é inteiramente dedicado à cerveja, mas nem tudo o que está a acontecer lá tem que ver necessariamente com cerveja. Por isso, se precisar de fazer uma pausa de tanto beber, vai encontrar muitas actividades com as quais se pode envolver.

 

Há bandas que marcham pelas tendas das cervejeiras, parques de diversões na rua e bancas que vendem de tudo, desde provas de vinho a recordações. Vale a pena sair da tenda de vez em quando, para poder ter uma experiência mais ampla de todo o festival.

Vista-se a rigor

Os trajes tradicionais bávaros, e uniformes não oficiais do Oktoberfest, são as lederhosen (para ele) e os vestidos drindl (para ela).

 

Não são a roupa mais barata do mundo, já que o preço das autênticas calças de cabedal e drindls começa nos 100€, chegando a custar 1000€.

 

No entanto, estas indumentárias são parte importante do espírito do Oktoberfest, por isso é aconselhável ir às compras.  Procure no Ebay, compre um traje em segunda mão, peça emprestado, ou então compre tudo novo.

 

O Oktoberfest é o evento de uma vida para muitos visitantes, por isso a regra do “tudo ou nada” aplica-se. Vista os seus trapos alegres e divirta-se!

Se estes não estivessem vestidos com o traje típico da Baviera, claramente não se estariam a divertir nada. Fonte: Imgur

Guarde um dia para descobrir Munique

Munique é uma das minhas cidades preferidas na Alemanha. Infelizmente, há muita gente que vem a Munique para participar no Oktoberfest, nunca saindo das tendas e perdendo a oportunidade de conhecer melhor a cidade.

 

A minha sugestão é que faça uma pausa nas suas férias cervejeiras e vá até à cidade. Na verdade, é uma boa ideia fazê-lo a um sábado ou domingo, dias em que o festival costuma ser particularmente movimentado.

 

Um dia não chega para fazer justiça a Munique, mas é melhor do que não ver de todo esta bela cidade alemã.

Vá ao maior número de tendas que possa

Entrar nas tendas das cervejeiras pode ser um bocado complicado, particularmente porque há um número limitado de lugares sentados e a multidão costuma ser enorme. Isso quer dizer que, muitas vezes, quando as pessoas conseguem entrar numa tenda, não têm depois muita vontade de sair e de perder o seu lugar.

 

Afinal de contas, cada tenda serve vastas quantidades de cerveja e comida. Por isso, uma vez que está lá dentro, não é preciso ir a mais lado nenhum.  Contudo, tenha em atenção que os menus e a oferta de cerveja variam de tenda para tenda.

 

Costumo tentar ir, pelo menos, a algumas tendas diferentes, para ter uma maior percepção de tudo o que o festival tem para oferecer.

 

Assim, poderá ver e experimentar mais coisas, para além de conhecer ainda mais pessoas do que se estivesse no mesmo sítio todo o tempo.

 

Esta é uma das dicas de viagem ao Oktoberfest que recomendo vivamente. Lembre-se também que precisa de se levantar cedo, para conseguir entrar nas tendas maiores, sendo que muitas delas vão estar reservadas aos sábados, durante o festival. Prepare-se para tomar pequenos-almoços de cerveja.

Talvez não seja o sítio ideal para acordar de ressaca...

Vá devagar

Apesar da regra do “tudo ou nada”, lembre-se que precisa de uma estratégia e de imensa energia para desfrutar ao máximo do festival!

 

Um dia no Oktoberfest é uma longa jornada a beber. Por isso, não se esqueça de se manter alimentado/a e hidratado/a e beba com calma. Sim, é tentador meter prego a fundo assim que chegar ao Oktoberfest, mas lembre-se que isto não é a mesma coisa que ir beber uns copos ao bar do costume. Isto é uma maratona, não um sprint.

 

Vai aperceber-se rapidamente dos perigos de chegar ao limite muito rapidamente, assim que vir pessoas feitas num oito por todo o recinto do festival, de lederhosen, caídas no chão e a perder toda a diversão porque, tal como Ícaro, voaram demasiado perto do Sol... não seja essa pessoa. Tenha calma. A cerveja não se vai esgotar.

Um orçamento para beber cerveja

Este conceito não é difícil de explicar, pois não? Afinal de contas, o Oktoberfest de Munique é o maior festival de cerveja do mundo.  As tendas pertencem a algumas das maiores e mais famosas cervejarias de Munique.

 

Tem muito por onde escolher, muita cerveja para beber. Logo, é melhor preparar um orçamento para isso. As cervejas custam em redor de 10€ (por um litro); as gorjetas para os empregados são, por norma, de 10% da conta; por fim, muitas tendas só aceitam pagamentos com dinheiro.

 

Não é um evento barato, mas está a pagar para viver uma experiência como nenhuma outra. Portanto, prepare-se para o custo de se divertir imenso, beber cerveja, desfrutar da animação, e mantenha-se seguro/a.

 

O Oktoberfest é um festival fantástico e um evento empolgante. Ano após ano, cada edição do Oktoberfest parece exceder as expectativas geradas pela anterior.

 

Seja amante de cerveja ou não, vai sempre encontrar algo para si no Oktoberfest. Deixe-se envolver pelo festival, desfrute da maravilhosa cultura alemã e, acima de tudo, divirta-se o mais que puder.

 

Prost!

 

- Stephen Schreck