À Descoberta de Itália: Porque não pode Deixar de Visitar as Cinque Terre

É a rota perfeita que surge em todas as listas do que deve fazer se quiser visitar Itália de carro. A rota das Cinque Terre (Cinco Terras) é assim chamada por causa das cinco aldeias piscatórias em tons de pastel ao longo da rochosa costa da Ligúria.

 

O caminho serpenteia de oeste para leste, ao longo da costa, passando por aldeias isoladas, vinhas e bosques agarrados aos seus inclinados penhascos.

 

A área faz parte de um parque nacional e de um local que é Património Mundial da UNESCO. Embora os seus desfiladeiros e as precipitadas descidas dos seus trilhos de montanha não sejam para os mais sensíveis, as vistas são de perder a cabeça.

 

Se uma longa viagem de carro não é bem aquilo que procura, pode sempre estacionar em La Spezia e visitar cada aldeia de comboio...

Monterosso

Monterosso é a aldeia mais ocidental das Cinque Terre, localizando-se entre olivais inclinados, limoneiros e uma baía arenosa.

 

Passeie pelo centro histórico e pelas ruínas do castelo, no topo da falésia, ou trabalhe para o bronze, já que Monterosso é a única destas aldeias que tem praia.

 

É fácil circular por lá, pois há um calçadão à beira da praia que liga as casas típicas e as ruelas («carruggi”) na parte antiga ao bairro mais moderno de Fegina.

 

A aldeia foi fundada em 629 pelo povo que habitava nas montanhas em redor, em fuga das invasões bárbaras dos Rothari.

 

Os fugitivos instalaram-se perto do mar, no monte San Cristoforo, onde ainda se podem ver as ruínas da fortaleza, que é agora o cemitério da povoação. Se quiser passar a noite, o hotel à beira da praia La Spiaggia é encantador. 

Vernazza

De Monterosso a à segunda aldeia das cinco, Vernazza, é apenas uma curta e bela viagem. Vernazza data do ano 1000 e é a aldeia mais colorida ao longo desta parte da costa.

 

Explore o aglomerado de casas pintadas de cores vivas, através de um labirinto de becos, degraus e ruelas. Para uma visita sem interrupções, aproveite para ir de manhã cedo ou à noite, ou planeie a sua viagem na época baixa.

 

Vernazza tem um encanto especial na Primavera e no Outono.

Corniglia

Mais a leste, a aldeia de Corniglia fica no cume de um promontório rochoso, aos pés de vinhas em decalcos.

 

Há degraus que descem para águas límpidas e que sobem de forma íngreme em direcção à aldeia, a partir da qual pode ver todas as cinco do alto. Se viajar de comboio, não leve muita bagagem.

 

A estação de saída fica em Lardarina, com uma escadaria de tijolos com 377 degraus. Em alternativa, pode apanhar um autocarro directo, cujo bilhete de ida custa cerca de 2,50€.

Manarola

É uma viagem de carro por uma floresta densa, que se abre quase a chegar a Manarola. A aldeia em tons de pastel entra pelo mar adento, ladeada por barcos de pesca e marisqueiras tradicionais.

 

Embora seja a mais pequena das Cinque Terre, Manarola é famosa por ser a capital da produção de vinho da região. O vinho branco Cinque Terre DOC e o delicioso digestivo sciacchetrà são a bebida por excelência da aldeia.

 

Se quiser saber mais sobre as tradições da produção de vinho local, há um pequeno museu dedicado ao sciacchetrà. Está aberto diariamente de Março a Outubro.

Riomaggiore

Riomaggiore é a quinta e maior aldeia, logo a seguir ao principal centro da zona, La Spezia.

 

Os seus edifícios em cores de guloseimas precipitam-se por um monte inclinado abaixo até ao pequeno porto, que é um dos locais mais populares da região para tirar fotografias. A melhor altura do dia para fotografar é ao pôr-do-sol.

 

Riomaggiore é o ponto de partida para a romântica Via dell′Amore, um caminho bem gasto pelo tempo, que foi cavado pela rocha adentro até Manarola.

 

O centro de La Spezia é também onde provavelmente começará a caminhada, sendo assim uma espécie de itinerário de “ida e volta”. Também pode tomar um atalho pelos montes, através de Cornice, dando a volta a partir de La Spezia.

Como chegar

A melhor forma de explorar a região é alugar um carro em Pisa ou Génova. A viagem demora cerca de 1 horas e 20 minutos a partir de qualquer uma destas cidades.

 

Em alternativa, pode ir de comboio. Itália tem uma excelente rede ferroviária, que é barata, eficiente e fiável. Embarque na estação de Pisa Centrale até La Spezia Centrale.

 

A partir dali, há comboios directos para as aldeias. Também há comboios directos que partem da estação de Génova para as aldeias Cinque Terre.

 

- Hannah Frances